1. Home
  2. Conhecendo Salvador
08/11

De lá de cima da Cidade Alta, a Baía de Todos os Santos encanta e, no meio do mar, uma construção de forma arredondada chama a atenção. É o Forte de São Marcelo, concebido nos primeiros anos do século XVII e construído sobre uma coroa de areia a cerca de 300 metros da costa.

Em 1623, a edificação foi feita toda em madeira durante o governo-geral de D. Diogo de Mendonça Furtado. O projeto original se baseava no estilo renascentista e, com uma área de 2.500 metros quadrados, o Forte do Mar – como também era conhecido – tinha como objetivo resistir às correntes e marés e permitir o tiro em qualquer direção na defesa da cidade.

Inspiração

A sua forma cilíndrica foi inspirada no Forte de São Lourenço do Bugio, localizado na foz do rio Tejo, próximo à Vila de Oeiras, em Portugal, que possui um formato similar.

Batalhas

O umbigo da Bahia, como o forte foi denominado pelo escritor Jorge Amado, guarda uma história de batalhas, invasões e conquistas. Em 1624, foi tomado pelos holandeses, que foram expulsos no ano seguinte. João Maurício de Nassau-Siegen, designado pela Companhia das Índias Ocidentais (CIO), também tentou a invasão, porém sem êxito.

No século XIX, a construção esteve envolvida na Guerra dos Farrapos e na Revolta da Sabinada (entre 1837 e 1838).

Reformas

Depois da tentativa de invasão da CIO, o forte foi restaurado, tendo recebido pedras de arenito, na forma de um torreão circular, e o interior do enroscamento foi preenchido com pedras calcárias oriunda dos navios portugueses.

Em 1662, a muralha do torreão central do forte ganhou um reforço em pedra granito, originária do Recôncavo Baiano, erguendo-se a uma altura de 15 metros acima do nível do mar. Já em 1728, a construção ganhou uma muralha arredondada, visando proteger a edificação.

Em 1812, o forte ganhou um paredão externo mais alto, em forma de anel, com salas em seu interior.

O forte atualmente

Hoje o forte é tombado pelo Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e, em 2006, o monumento foi aberto à visitação pública, após ter sido transformado no Centro Cultural Forte de São Marcelo, um espaço que abriga um rico patrimônio cultural, com exposições de objetos históricos. 

Atualmente o forte encontra-se fechado para visitação, porém a beleza e imponência da construção no meio do mar podem ser apreciadas de forma privilegiada na Cidade em Alta, em especial próximo ao Elevador Lacerda, que fica a cerca de 12,5km dos hotéis da rede Business & Flat, localizados no Caminho das Árvores. Hospede-se conosco e venha conhecer os encantos de Salvador!